吃海鲜补胸。乳房内有脂肪组织和腺体组织丰胸产品,脂肪组织不会受内分泌影响忽大忽瘦,腺体却会受荷尔蒙所影响,月经来潮前七天丰胸食物粉嫩公主,雌性激素高,胸部涨大,月经过了,就恢复原来大小。所以过了青春期,多吃些含有荷尔蒙的食物丰胸方法,如海鲜、蛤蜊、鲜蚵、牡蛎、虾等。海鲜含锌能提高性荷尔蒙促进乳泡涨大,胸部也会因此成长。但因为是靠荷尔蒙作用丰胸丰胸最快方法,所以一旦没吃这类食物,效果没哪么好,乳房感觉稍微变小。
Advdac - Escritório de Advocacia

Notícias 

 

  STJ - TV Globo indenizará porque divulgou número de celular em novela  
  Fonte: http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI141233,11049-TV+Globo+deve+indenizar+mulher+que+teve+numero+de+celular+divulgado  
 

A 4ª turma do STJ negou recurso da TV Globo contra sua condenação a indenizar uma mulher que teve o número do telefone celular divulgado em novela. O valor da indenização foi mantido em R$ 19 mil.

Seguindo o voto do ministro Luis Felipe Salomão, os ministros entenderam que a divulgação de número de telefone celular em novela, exibida em rede nacional, sem autorização do titular da linha, gera direito à indenização por dano moral. A decisão foi unânime.

De acordo com o processo, em 27/1/03, a personagem da atriz Carolina Ferraz na novela "Sabor da Paixão" escreveu o que seria o número de seu celular em um muro. A autora da ação de indenização afirmou que passou a receber inúmeras ligações, a qualquer hora do dia e da noite, de pessoas desconhecidas que queriam saber se o número realmente existia e se era da atriz.

Hipertensa, a mulher alegou que teve a saúde afetada e sofreu transtornos pessoais e profissionais, pois seu telefone era um instrumento de trabalho em sua atividade de operadora de telemarketing.

Em primeiro grau, o dano moral foi reconhecido e a TV Globo foi condenada a pagar indenização de R$ 4,8 mil. Ao julgar a apelação, o TJ/SP elevou o valor para 50 salários mínimos vigentes na época, equivalentes a R$ 19 mil. A emissora recorreu ao STJ alegando que a dona da linha teve mero desconforto que não configuraria dano moral indenizável.

O ministro Luis Felipe Salomão considerou que foi demonstrado que a autora da ação foi seriamente importunada pelas ligações, sofrendo abalo psicológico com reflexos em sua saúde, além da invasão de privacidade. "É sabida a enorme atração exercida pelas novelas e seus personagens sobre o imaginário da população brasileira, por isso descabe a afirmação da emissora de TV, no sentido de que as ligações não poderiam ser de tal monta a lhe trazer nada mais que mero aborrecimento", afirmou o relator.

•Processo relacionado : REsp 1185857 - clique aqui.
http://www.stj.jus.br/webstj/processo/justica/jurisprudencia.asp?tipo=num_pro&valor=REsp 1185857

 
 
< voltar